Processo de seleção para iniciar um curso de graduação

O Sisu é um processo de seleção, que possibilita às pessoas de todo o país a oportunidade de ingressar no curso de graduação desejado sem a necessidade de viajar para realizar as provas de vestibular. Por meio do sistema, que utiliza a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), se mantém a lógica da aprovação pela capacitação, sendo aprovados os candidatos melhor pontuados dentre os inscritos para cada instituição e curso.

A inscrição SISU é feita exclusivamente pela internet, onde o candidato deverá acessar o site disponível abaixo:

www.sisu.mec.gov.br.

As inscrições no Sisu são gratuitas e todas as instituições participantes do sistema devem oferecer acesso à internet gratuito para quem deseja se inscrever.

Após a etapa de inscrição SISU 2019, o sistema seleciona automaticamente os candidatos mais bem classificados em cada curso, de acordo com suas notas no Enem.

Como consultar o resultado SISU

O resultado SISU 2019 é uma das partes mais esperadas por quem está concorrendo as vagas, os candidatos ficam ansiosos para ter acesso, mas como toda etapa desse programa tem data definida para ocorrer, não é diferente com o resultado do processo seletivo.

Para consultar o SISU resultado 2019, o candidato terá que acessar a página do programa, onde será publicado exclusivamente no site oficial e você poderá consultar através do endereço citado acima. Consulte também o cronograma para que você saiba quais serão as datas e todas as etapas, assim fica mais fácil saber quando elas irão ocorrer.

O resultado SISU 2019 poderá ser consultado também através, das instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC, no telefone 0800-616161.

Agora que você já sabe como realizar a consulta SISU resultado e utilizar a nota do mesmo para ingressar numa universidade pública, não perca tempo e entre já no site do MEC para realizar o processo. Caso exista dúvidas, deixe um comentário logo abaixo. Boa sorte!

Oportunidades no Ensino Técnico

Você conhece o Pronatec 2019? Este é o que auxilia o Jovem a ter acesso ao ensino técnico, sancionado no ano de 2011 pela então Presidente da República, Dilma Rousseff, para ampliar as vagas na educação técnica e aumentar a inclusão dos jovens de classes C, D e E no ensino técnico. Confira como fazer as inscrições para os cursos do Pronatec no Senac e Senai.

Atualmente existem várias iniciativas do Pronatec que tem o apoio de instituições como o SENAC. Para se inscrever no programa, deve ficar atento o candidato às vagas abertas que podem ser em escolas públicas estaduais, Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e também nos Serviços Nacionais de Aprendizagem, como exemplo do SENAC assim como também o SENAI.

Entre os objetivos mais amplos do PRONATEC estão: expandir, democratizar as ofertas de cursos de educação profissional técnica de nível médio e cursos de formação inicial; construir, reformar e ampliar as redes de educação profissional; aumentar as quantidades de recursos pedagógicos para apoiar oferta de educação profissional, melhora a qualidade do ensino médio entre outros. Além disso, o PRONATEC tem várias iniciativas como:

  • Programa Brasil Profissional que se destina a ampliar oferta e fortalecimento da educação profissional e tecnológicas integradas a rede de ensino estaduais em parceria com o governo federal;
  • FIES Técnico e Empresa, este financia cursos técnicos e cursos de formação inicial e Continuada e qualificação profissional para estudantes;
  • Bolsa Formação, em que o PRONATEC oferece cursos técnicos para os estudantes que concluíram o ensino médio e para os estudantes matriculados no ensino médio e cursos de formação inicial e continuada e de qualificação profissional.

Quer saber os cursos gratuitos do Pronatec no Senac e Senai? No portal do Ministério da Educação existe a relação completa de cursos gratuitos que estão disponíveis para o estudante Brasileiro.

É possível conferir estes cursos e os diversos tipos: existem os cursos técnicos para os jovens que completaram o ensino médio que tenha duração a partir de 1 ano; Qualificação dos profissionais do ensino técnico; Educação Continuada; e o curso técnico para quem está matriculado no ensino médio com duração mínima de um ano; também no link acima é possível pesquisar os cursos por município brasileiro, cursos do catálogo nacional ursos técnicos e também o guia PRONATEC de cursos FIC.

No site da PRONATEC você encontra também detalhes sobre a base legal do programa e suas características legais. Para quem participa dos cursos do PRONATEC além de ter uma formação profissional boa tem outros benefícios como ter a disposição de um bom ensino das instituições parceiras como o SENAC que oferecem estrutura moderna, professores altamente qualificados, extensa rede de parceiros e a estrutura e baseamento que o SENAI tem em todo o Brasil. Por isso se busca um rumo profissional não deixe de fazer sua inscrição no PRONATEC 2019.

Liberadas as datas das inscrições para cursos gratuitos no Senai Florianópolis

Inscrições Pronatec Florianópolis 2019, veja quais os cursos gratuitos no Senai Florianópolis serão oferecidos pelo programa Pronatec, que está oferecendo em todo estado de Santa Catarina 2019 vagas para capacitação profissional e cursos técnicos gratuitos que estão recebendo inscrição para estudantes e trabalhadores de Florianópolis, Blumenau, Criciúma, Chapecó, Camburiu, custeados pelo Governo Federal com aulas ministradas pelo Senai regional, que vão iniciar no primeiro semestre 2019.

Em Florianópolis a página especial do Senai SC – Pronatec www.sc.senai.br/pronatec/ tem três opções de cursos técnicos do pelo Pronatec, são eles : Técnico de Automação Industrial e Técnico em Manutenção e Suporte em Informática com carga horária mínima de 800h.

Os benefícios do MedioTec são para os jovens que queiram ter uma formação técnica e profissional junto ao ensino médio, esse programa foi criado pelo Governo Federal em parceria com o Pronatec.

Profissionais que se habilitam em Técnico de Automação Industrial atuará na área de desenvolvimento e implantação de projetos prestando serviços de fiscalização e manutenção do sistema de automação de indústrias. Na área de Informática o técnico adquire conhecimentos para montagem, instalação e configuração em equipamentos, oferecendo suporte e consultoria aos recursos tecnológicos da área.

Os cursos são oferecidos de forma concomitante para alunos a partir do segundo do Ensino Médio da rede pública ou como bolsista na rede particular e de modo subsequente, para concluintes do Ensino Médio. Para realizar a inscrição o candidato deve ir até a unidade do Senai Florianópolis localizada na Rodovia SC 401, 3730/S.Grande.

Os documentos necessários são CPF, RG, comprovante de endereço e comprovante de escolaridade e RG e CPF do responsável pelo candidato menor de idade. Mais cursos Pronatec estão com inscrições abertas em Santa Catarina como Técnico em Eletromecânica, Modelagem do Vestuário, Controle Ambiental, Mecânica, Alimentos, Segurança do trabalho, Logística, Mecatrônica e outros.

Para os alunos contemplados serão entregues o material didático, mais auxílio para o transporte e refeição e assistência estudantil oferecidos pelo programa. As turmas estão previstas para começarem dia 06 de março 2019, veja mais informações no site www4.fiescnet.com.br/pt/home-pronatec. Para entrar em contato com o Senai Florianópolis ligue: 3239-5800.

Free BSD: Blog Sisu Distrito Federal com com dicas grátis!

Muito em breve o MEC – Ministério da Educação irá liberar o Edital do Sistema de Seleção Unificada, que estabelece todas as datas e regras do sistema.

Aqui neste blog, os estudantes que pretendem participar do processo de seleção no Distrito Federal, concorrendo às vagas das principais instituições públicas do país, poderão conferir importantes informações a respeito do sistema, inclusive sobre os documentos necessários.

UNB
UNB: Um dos principais centros de ensino participantes do SISU DF

Para concorrer às vagas do Sisu os candidatos deverão participar do Exame Nacional do Ensino Médio, que terá suas provas aplicadas em todo o país nos dias 24 e 25 de outubro.

Além de simplesmente participar das provas é necessário obter nota maior do que zero na redação do exame. Quem obtiver nota igual a zero na redação sequer poderá se inscrever no Sistema de Seleção Unificada.

Serão duas edições do Sisu realizadas esse ano, sendo a do primeiro semestre, a partir de janeiro, e a do segundo semestre, provavelmente em junho.

Para se inscrever, o estudante deve acessar o site oficial do sistema, disponível no endereço eletrônico , e informar número de inscrição e senha que foram cadastrados no Enem a partir de 2009. Em caso de perda destes dados será possível recuperá-los com facilidade no site do Enem.

Após o período de inscrições será realizada uma única chamada regular, pelo próprio sistema. Quem não for selecionado nesta primeira chamada terá ainda a oportunidade de participar da Lista de Espera, que é repassada às instituições, para que as próprias sejam responsáveis pelas convocações a partir da segunda chamada.

Todos os candidatos que são aprovados no Sisu devem comparecer às instituições para as quais se inscreveram para efetivação de matrícula, munidos é claro de todos os documentos exigidos.

Quais são os documentos necessários?

Cada instituição define em seu edital quais são os documentos necessários para matrícula. Basicamente o estudante deve providenciar:

  • ♦ Histórico Escolar e Certificado de Conclusão e do Ensino Médio ou equivalente (Técnico de Nível Médio, 2º Grau, Magistério ou Educação de Jovens e Adultos), expedidos por Instituição de Ensino reconhecida por órgão oficial competente.
  • ♦ Carteira de Identidade (RG) ou outro documento oficial de identificação com foto.
  • ♦ Certidão de Nascimento ou de Casamento.
  • ♦ Comprovação da inscrição no CPF.
  • ♦ Título de Eleitor, se maior de 18 anos, e comprovante de votação.
  • ♦ Documento que comprove estar em dia com o Serviço Militar, para o sexo masculino e maior de 18 anos.

Os documentos listados acima são apenas básicos, exigidos por qualquer instituição. Pode haver ainda a necessidade de apresentação de documentos específicos. Estudantes que tenham sido aprovados para vagas destinadas a cotistas, por exemplo, podem ter que apresentar mais documentos.

Por este motivo é necessário que, ao fazer sua inscrição, o candidato fique muito atento aos documentos exigidos pelas instituições para a efetivação da matrícula, em caso de aprovação. Esta informação estará disponível no sistema, no momento da inscrição.