Déficit já passa de 10 mil bancários, confirma Confederação!

Estão abertas as inscrições para o novo concurso público do Banco do Brasil que oferece 2.499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de Escriturário, que exige nível médio.

Foram liberadas antecipadamente as normas do concurso público do Banco do Brasil que tem como objetivo a realização do cadastro reserva para o cargo de Escriturário.

Interessados no concurso público do Banco do Brasil (BB) têm mais um motivo para estudar. Isso porque o diretor de gestão de pessoas do banco, Carlos Alberto Araújo Netto, confirmou que será realizado o concurso em 2019.

O Banco do Brasil – BB vai lançar um novo concurso público para São Paulo em 2019. A seleção terá como objetivo formar cadastro de reserva no cargo de escriturário, que requer nível médio. O salário é de R$ 1.280,10.

O motivo da realização do novo concurso do BB para São Paulo é o fim da validade das últimas seleções realizadas para o estado. Uma delas foi em 2008 e abrangeu a capital e a região metropolitana do estado. Já a mais recente ocorreu em 2017, para 20 cidades do interior.

Em 2018, o Banco do Brasil realizou três concursos públicos para escriturário. Contudo, nenhum deles ofereceu chances para São Paulo. Agora, os concurseiros do estado finalmente terão uma chance de entrar no órgão. Até a realização do novo certame – que deve ser organizado pela Fundação Carlos Chagas, responsável pelos três concursos de 2018.

Direitos trabalhistas do Pescador Artesanal

O Seguro Desemprego do Pescador Artesanal foi expedido em 28/08/2007 (data de sua publicação no DOU) pela Resolução nº 553/07, do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT), que dispõe sobre o pagamento do seguro desemprego aos pescadores artesanais durante o período de proibição da pesca, estabelecido pela Instrução Normativa IBAMA nº 167, de 10/8/07 – DOU de 13/8/07.

A Lei nº 10.779/03 estabelece que o pescador profissional que exerce sua atividade de forma artesanal, individualmente ou em regime de economia familiar, mesmo com o auxílio eventual de parceiros, fará jus ao Benefício do Seguro Desemprego Pescador Artesanal, no valor de um salário mínimo mensal, durante o período em que é proibida a pesca para a preservação da espécie.

Requisitos para requerer o Seguro Desemprego

O art. 2º da Resolução MTE/CODEFAT nº 657/10 dispõe que terá direito ao seguro desemprego 2019 pescador artesanal o pescador que preencher os seguintes requisitos no processo de habilitação:

  • Ter registro como pescador profissional, categoria artesanal, devidamente atualizado no Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP), emitido pelo MPA, com antecedência mínima de um ano da data do início do defeso;
  • Possuir inscrição no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) como segurado especial;
  • Possuir nota fiscal de venda do pescado a adquirente pessoa jurídica ou pessoa física equiparada à jurídica no período compreendido entre o término do defeso anterior e o início do defeso atual;
  • Na hipótese de não atender ao descrito na letra “c” e ter vendido sua produção a pessoa física, possuir comprovante de recolhimento ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), constando em matrícula própria no Cadastro Específico (CEI), no período compreendido entre o término do defeso anterior e o início do defeso atual;
  • Não estar em gozo de nenhum benefício de prestação continuada da Previdência ou da Assistência Social, exceto auxílio-acidente, auxílio-reclusão e pensão por morte; e
  • Não ter vínculo de emprego ou outra relação de trabalho, ou outra fonte de renda diversa da decorrente da pesca.

Valor do Benefício

A lei garante ao pescador receber tantas parcelas quantos forem os meses de duração do defeso, conforme portaria fixada pelo IBAMA. O valor de cada parcela do Benefício Seguro Desemprego Pescador Artesanal é de um salário mínimo.

Como Requerer

O benefício do Seguro Desemprego, será requerido pelo pescador profissional na categoria artesanal, na Delegacia Regional do Trabalho – DRT, ou no Sistema Nacional de Emprego – SINE, ou ainda, nas entidades credenciadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, mediante a apresentação dos seguintes documentos:

  • Formulário de requerimento, em modelo aprovado pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, preenchido em duas vias;
  • Carteira de identidade ou carteira de trabalho;
  • Comprovantes de inscrição no PIS/PASEP e no Cadastro de pessoa Física – CPF;
  • Carteira de registro de Pescador Profissional devidamente atualizada, emitida pela Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República – SEAP/PR, cuja data do primeiro registro, no RGP, comprove a antecedência mínima de 1 (um) ano da data do início do defeso;
  • Declaração pessoal de que não dispõe de outra fonte de renda diversa da decorrente da atividade pesqueira;
  • Cópia de, pelo menos, dois comprovantes de venda de pescado ou comprovante de recolhimento, ao INSS, de, pelo menos, duas contribuições previdenciárias, na forma do disposto nos incisos III e IV do art. 2º;
  • Comprovante do número de inscrição do trabalhador – NIT/CEI; e
  • Quando pescador profissional que opera, com auxílio de embarcação, na captura de espécies marinhas, apresentar cópia do Certificado de Registro da Embarcação, emitido pela SEAP/PR, comprovando que a permissão de pesca concedida é direcionada para a captura da espécie objeto do defeso.

Prazo para Requerer

O Benefício do Seguro Desemprego Pescador Artesanal será requerido a partir do trigésimo dia que anteceder o início do defeso até o seu final, não podendo ultrapassar o prazo de 180 (cento e oitenta) dias. Nos casos em que o defeso for mais de 180(cento e oitenta) o pescador não poderá não ultrapasse o prazo de 180 dias.

Quando e Onde Receber

A primeira parcela estará disponível a partir de 30 (trinta) dias da data do início do defeso. O pescador deve dirigir-se à agência da CAIXA ou nas Casas Lotéricas e Caixa AQUI para recebimento com o Cartão do Cidadão.

Oportunidade de trabalho para jovens no Itaú

A nossa missão é indicar para você caminhos, até as melhores oportunidades, como a chance de ser um Jovem Aprendiz Itaú 2019. Gostamos de incentivar sonhos, de ver nascer profissionais que iram atuar em suas áreas, sempre com muito entusiasmo e dedicação, e a instituição Itaú compartilha esses sentimentos com a gente, por esse motivo não deixe passar a oportunidade de ser o próximo no programa de Jovem Aprendiz Itaú 2019.

Esse é o blog que vai te ensinar como conseguir uma vaga nesta instituição tão reconhecida através do Jovem Aprendiz, apesar de não temos vínculo com essa instituição financeira, seremos a ferramenta que você precisa para saber tudo sobre o banco, seus processos seletivos, as vagas disponibilizadas e como ter uma carreira de sucesso aqui dentro.

Você conhecerá as formas de enviar o seu currículo para o Itaú, seja para vagas de estágio, jovem aprendiz ou como profissional.

Você mostrou interesse em fazer parte da equipe do Itaú, mas, você conhece essa instituição?

Veja alguns detalhes da história do banco feito para você.

Itaú

Quando você começa a entrar na história do Itaú, fica ainda mais feliz de saber que ele é um banco brasileiro, sim, o banco nacional foi fundado em São Paulo no ano de 1945, é uma das instituições bancarias mais respeitadas do mundo.

O Itaú Unibanco S.A é mais do que uma instituição que cuida do seu dinheiro, o banco está envolvido em diversas ações para promover a cultura e a educação em nosso país. Grande parte dos projetos é anunciado nos meios de comunicação, através de canais nas redes sociais como o Facebook, Youtube e Twitter, prova deste sucesso são os números divulgados pelo próprio banco.

  • No Facebook são 6,6 milhões de fãs;
  • No Twitter são mais de 600 mil seguidores;
  • No Youtube o seu canal teve mais de 85,6 milhões de visualizações, e tudo isso até o ano de 2012.

Sucesso que é refletido pelos mais de 94,9 mil colaboradores da empresa.

Poderíamos ficar ainda mais tempo aqui, falando apenas dos benefícios que o Itaú proporciona aos brasileiros, mas nós temos certeza de que você aprenderá de perto, através do programa Jovem Aprendiz Itaú 2019.

Jovem Aprendiz Itaú 2019

Com tanta gente tendo orgulho de ser apenas cliente deste banco, imagine quantas pessoas não gostariam de fazer parte desta história? Por esse motivo o Itaú precisa ser bem seletivo, e assim como outras instituições financeiras de grande porte, obedece a lei aprovada em 2000 chamada Lei da Aprendizagem.

Para ser o novo jovem aprendiz Itaú 2019 é preciso ter alguns dos valores que o banco adota, como o respeito as diferenças, acreditar que a cultura, a educação e o esporte podem transformar uma realidade e trabalhar para que o cliente tenha um atendimento cada vez melhor.

Antes de se inscrever será preciso obedecer a alguns requisitos de seleção e também conhecer os benefícios que o programa oferece.

Quais são os requisitos mínimos para participar do programa

A instituição dá todo o suporte para o seu crescimento profissional a partir de cargos menores até o auge da carreira, mas para isso é bom começar cedo. Abaixo você terá os pré-requisitos para realizar o cadastro no programa.

  • Os jovens candidatos precisam ter entre 16 e 22 anos;
  • Cursando as séries do Ensino Médio ou ter finalizado os estudos até o último ano do Ensino Médio;
  • E mais uma vez visando a inclusão social, os alunos que pertencerem a escolas públicas terão preferência.

Você está enquadrado nos pré-requisitos? Se sim, parabéns e continue para saber onde se inscrever. Mas se não continue também, aqui você saberá mais oportunidades.

Tem vaga para mim no Jovem Aprendiz Itaú 2019?

Como dissemos anteriormente, tem espaço para todo tipo de profissional aqui no Itaú. Se você se relaciona bem com as pessoas e se identifica com a ideologia da marca esse é um lugar cheio de oportunidades. Confira algumas das funções que você poderá desempenhar.

  • Atendimento ao público;
  • Auxiliar Administrativo;
  • Assistente de TI;
  • Auxiliar no atendimento financeiro;
  • Dentre outras funções.
  • Não é por menos que já são mais de 7 mil aprendizes nos números do Itaú.

Conheça os benefícios

O Itaú é uma marca que merece todo o nosso agradecimento, inclusive nos benefícios para os jovens funcionários. Veja ao que o aprovado terá direito.

  • Bolsa- auxilio diferenciada;
  • Vale-transporte sem qualquer desconto;
  • Vale – refeição;
  • Assistência médica e odontológica;
  • Seguro de vida.

O Itaú esta sempre valorizando os seus funcionários, inclusive as chances de contratação são maiores após participar do programa.

Faça sua inscrição no Jovem Aprendiz

Veja agora como participar dos processos seletivos e ter a chance de trabalhar no banco Itaú.

  1. Acesse o endereço www.itau.com.br e procure por “Trabalhe no Itaú”. Geralmente está no rodapé da página;
  2. Depois de encontrar e clicar, você será redirecionado a página dos programas de vagas. Clique em “Diversidade”;
  3. Agora “Veja mais sobre o programa” na parte do Programa Aprendiz;
  4. Após ler com atenção clique em “Inscreva-se”;
  5. Você será redirecionado à página do Vagas.com. Se você já tem cadastro clique em “candidatura” e confirme, se ainda não tem cadastro clique em “candidatura” e depois selecione a opção para cadastrar novo currículo. Após preenche o formulário volte à página e se candidate.

Depois dos 5 passos mostrados você passa a concorrer aos processos seletivos e será avisado através de um e-mail se o seu currículo foi selecionado para as próximas fases ou não.

Boa sorte e continue por aqui, tem muito mais dicas!